Buscar

Arquivos dispersos do corvo



“Os encantos do horror só embriagam os fortes”. É com esta frase de Charles Baudelaire que inicio esta resenha sobre esta obra com temas malditos, justamente por ser a frase que o autor utilizou para dar título a um dos artigos do livro. O macabro está presente em suas páginas. Pegue sua taça em formato de crânio e a encha com vinho, acenda uma vela no escuro, ligue a música funesta (mantenha em volume baixo), e viaje comigo em devaneios góticos sob o luar. Porque aqui, nestes arquivos dispersos do corvo, o clima é de trevas.


Reunindo diversos artigos publicados em fanzines dos anos 80 e 90, o autor Marcos T. R. Almeida nos apresenta suas pesquisas sobre assuntos macabros. E já alerta que seus escritos são para os que, como ele, embriagam-se com tudo aquilo que causa terror e alimenta o medo, dentro de um universo sobrenatural e por vezes maligno.


Os artigos são totalmente independentes. Ou seja, exploram assuntos que não têm ligação entre si. Mas sua natureza tenebrosa agrada quem busca relatos obscuros nos misteriosos domínios dos horrores.


Partindo de declarações pessoais do autor, o livro inicia com alguns artigos em formato de diário. Nesse ponto, a tentativa de justificar sua filosofia de vida é bastante falha. Torna a obra enfadonha e sem qualidades. Então o leitor vê-se forçado a folhear páginas de uma literatura ruim nos cinco primeiros artigos. Uma parte que poderia ser editada. Porém, depois dessa leitura que mais parece uma tortura, somos surpreendidos com pesquisas interessantíssimas em cada um dos seus 25 artigos.


O autor não nos poupa dos detalhes sórdidos por trás das histórias. E esse é um ponto interessante pelo envolvimento que temos com as narrações.


É incrível, em um de seus artigos sobre múmias no cinema, como Marcos Almeida consegue nos envolver traçando um paralelo dos filmes com a história do antigo Egito. E, de assunto em assunto, cada próximo artigo nos chama para explorar uma história diferente, como, por exemplo, uma aventura na corte de Elizabeth Bathory em sua orgia de sangue; um passeio pelo inferno de Dante; as narrações sobre as crueldades de Vlad Tepes Drácula; os costumes e gostos polêmicos de Sade; e até uma pesquisa expondo arquivos históricos sobre o mito de Satã.


E não para por aí. Um dos artigos explora de forma didática a origem do vampirismo na mitologia judaica, com destaque em passagens de registros históricos que mencionam a lenda de Lilith – suposta primeira mulher de Adão. Na minha opinião, o melhor artigo do livro.


Todas as pesquisas foram realizadas em uma época em que a Internet ainda estava surgindo no mundo. Não havia redes sociais e o Google ainda estava sendo criado. O que fez com que o autor buscasse suas fontes de pesquisa em diversos livros e contatos com outros estudiosos. Infelizmente não é apresentada uma bibliografia, mas a obra em si já traz grande riqueza para quem aprecia temas macabros históricos e mitos sombrios sobrenaturais. Uma leitura gostosa e fortemente recomendada.


O livro foi publicado de forma independente e é uma edição rara. Talvez a melhor forma de se conseguir um exemplar é entrando em contato com o autor (que também é raro de se encontrar!). Dizem as más línguas que ele ficou louco e hoje prega crenças sobre o deus Apollo e prepara-se para uma guerra...




Arquivos Dispersos do Corvo

Autor: Marcos T. R. Almeida

Páginas: 208

Formato: A5


3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Circulo Soturnos Logo Coruja.png

SIGA-ME

  • Youtube
  • Facebook
  • Instagram

© Sr. Arcano - SITE OFICIAL - Todos os direitos reservados.