Os mistérios da Zona Morta



O livro “Contos da Zona Morta" merece seu lugar de destaque na literatura de terror nacional, e é uma experiência que traz momentos de assombro para o leitor; mas um assombro divertido, cujo entretenimento vem acompanhado com suspense, horror e elementos sobrenaturais.


O autor chama-se Genonadio, é brasileiro, e este é o seu primeiro livro publicado. A criatividade dele é impressionante! Com finais incríveis, seus contos me surpreenderam pela capacidade que ele tem de nos envolver com seu terror psicológico.


O livro possui sete contos, todos muito longos, mas que nos prendem bastante a atenção. E já começa com uma história de fantasma que narra um mundo de sonhos que se mistura com a realidade – o inconsciente mesclando-se com o sobrenatural são temas que abrem a obra, e permanecem no ambiente, prolongando-se por todos os contos; é uma coletânea com histórias diferentes, que nos deixa curiosos sobre qual será o próximo assunto abordado.


Um conto que se destaca é o “O terror vem com a noite”, cujo título é como uma revelação para todo o enredo, prendendo-nos a atenção do início ao fim. Com um desfecho impressionante, o texto leva-nos a pensar sobre a morte e, principalmente, sobre locais assombrados. Este foi, sem dúvida, o conto mais representativo da ideia existente por trás da “Zona Morta”.


Mas o que é a Zona Morta? — De acordo com o autor, e ao contrário do que se possa pensar, “a Zona Morta não é um lugar, não é um espaço geográfico, alguma localidade que esteja no mapa ou mesmo fora dele. Trata-se de uma experiência muito além de qualquer coisa que possa considerar-se racional, compreensível; é um portal que conduz a lugares inimaginavelmente terríveis, onde as leis da física não se aplicam, onde a loucura e a morte estão sempre à espreita, esperando para atacar no momento oportuno.”.


Tem gente que tem facilidade de matar a sangue frio, mas matar com ódio é muito mais fácil. Foi tão natural, tão automático que parece até que eu já fiz isso antes.

Nós entendemos muito bem quando dizem que a morte está sempre à espreita, pronta para atacar. Mas a loucura? Seria difícil compreender tal teoria se não lêssemos o conto “Corte profundo”. Genonadio nos envolve de tal forma, que parece ser ele mesmo o personagem, e o que é mais interessante: nós entramos no personagem, nos identificamos com ele e acabamos perdidos em suas loucuras, a ponto de termos a impressão de que se trata de uma parte de nós mesmos. E assim perdemos, também, a sanidade, porque passamos acreditar nas razões que levam ao florescimento da loucura. Uma passagem interessante desse conto, e que eu transcrevo a seguir, é a que narra a transformação psicológica de um homem normal ao ultrapassar a barreira que o separa da psicopatia homicida: “Tem gente que tem facilidade de matar a sangue frio, mas matar com ódio é muito mais fácil. Foi tão natural, tão automático que parece até que eu já fiz isso antes.”.


O livro é uma viagem entre mundos estranhos, com elementos de ficção científica, loucuras ambientadas em doenças mentais, assassinatos violentos e mistérios do sobrenatural.


Creio ser esse o ponto de partida de muitas histórias de terror do escritor, visto que a sensação é de que ele tem muito mais a nos oferecer.


“Contos da Zona Morta” é um bom livro de terror, e eu recomendo a todos que são fãs do gênero, com pitadas de ficção científica e mistérios assustadores.


Compre o livro na loja da Editora Círculo Soturnos:

soturnos.com/product-page/contos-da-zona-morta


23 visualizações
Circulo Soturnos Logo Coruja.png

SIGA-ME

  • Facebook
  • Instagram

© Sr. Arcano - SITE OFICIAL DO AUTOR - Todos os direitos reservados.